AFOGADO NO MISTÉRIOBERNARDO LINS BRANDÃO

AFOGADO NO MISTÉRIO
procura no vinho a razão

contempla o reflexo
na mancha vermelha do tapete
e descobre

que cada coisa perfeita desse mundo está a caminho
de não-ser

que cada gota ligeira do vazio
flui na língua dos pássaros

que todo cume todo abismo
é teofania